Efeitos colaterais dos antibióticos H. pylori

Helicobacter pylori (H. pylori) é uma bactéria que vive no revestimento do estômago e do duodeno. A infecção por esta bactéria pode causar inflamação do estômago, úlceras e até câncer de estômago.

Felizmente, o H. pylori pode ser tratado com antibióticos. No entanto, como todos os medicamentos, os antibióticos podem ter efeitos secundários que podem ser angustiantes e desconfortáveis, especialmente para aqueles que já estão a lidar com os sintomas de uma infecção por H. pylori.

Para entender melhor os efeitos colaterais dos antibióticos contra H. pylori, é importante ter uma compreensão básica de como os antibióticos funcionam. Os antibióticos têm como alvo as bactérias, matando-as ou inibindo o seu crescimento.

Como a bactéria H. pylori é diferente das nossas próprias células, os antibióticos podem atacá-las sem prejudicar o nosso corpo.

No entanto, nem todas as bactérias são criadas iguais e os antibióticos também podem afetar as bactérias “boas” que vivem no nosso intestino, ajudando-nos a digerir os alimentos e a proteger-nos contra outras bactérias nocivas.

Com isso em mente, alguns dos efeitos colaterais mais comuns dos antibióticos contra H. pylori incluem:

1. Náuseas, vômitos e diarreia

Os antibióticos mais comuns usados ​​para tratar H. pylori são amoxicilina, claritromicina, metronidazol e tetraciclina. Todos esses antibióticos podem causar problemas estomacais, incluindo náuseas, vômitos e diarreia.

Isto porque, além de atacarem a bactéria H. pylori, estes antibióticos também podem matar as bactérias boas que vivem no nosso intestino. Quando isso acontece, pode perturbar o equilíbrio do nosso microbioma intestinal, levando a problemas digestivos.

2. Gosto metálico na boca

O gosto metálico na boca é um efeito colateral comum do metronidazol, que é frequentemente usado em combinação com outros antibióticos para tratar o H. pylori. Este sabor estranho pode ocorrer nos primeiros dias de tratamento e dificultar o consumo de alimentos e bebidas.

3. Reações alérgicas

Embora raro, algumas pessoas podem apresentar uma reação alérgica aos antibióticos H. pylori. Os sintomas de uma reação alérgica podem variar, mas podem incluir dificuldade em respirar, urticária, inchaço da face ou garganta e até anafilaxia (uma reação com risco de vida que requer atenção médica imediata). Se sentir algum sinal de reação alérgica, procure ajuda médica imediatamente.

4. Crescimento excessivo de Candida

Como mencionado anteriormente, os antibióticos podem perturbar o equilíbrio do nosso microbioma intestinal, levando a um crescimento excessivo de bactérias e leveduras nocivas, incluindo Candida. Candida é um tipo de levedura que vive naturalmente em nosso intestino, mas quando cresce demais, pode causar uma série de sintomas, incluindo inchaço, gases, diarréia e até erupções cutâneas.

5. Fotossensibilidade

A tetraciclina, outro antibiótico comumente usado para tratar H. pylori, pode tornar a pele mais sensível à luz solar, causando erupções cutâneas ou queimaduras solares. Se você estiver tomando tetraciclina, é importante proteger sua pele do sol usando roupas protetoras e protetor solar.

6. Tontura

A claritromicina, outro antibiótico comum contra H. pylori, às vezes pode causar tontura ou desmaio. Este efeito colateral pode ser mais comum em adultos mais velhos ou com outras condições médicas.

7. Alterações nas enzimas hepáticas

Em casos raros, os antibióticos contra H. pylori podem causar danos ao fígado, levando a alterações nas enzimas hepáticas. Os sintomas de lesão hepática podem incluir amarelecimento da pele e dos olhos (icterícia), dor abdominal e urina escura. Se você sentir algum desses sintomas, procure atendimento médico imediatamente.

8. Interferência com outros medicamentos

Os antibióticos podem interagir com outros medicamentos, incluindo pílulas anticoncepcionais, anticoagulantes e alguns antidepressivos. Se você estiver tomando qualquer outro medicamento, informe o seu médico antes de iniciar o tratamento para H. pylori.

É importante observar que nem todas as pessoas sentirão efeitos colaterais dos antibióticos contra H. pylori. Muitas pessoas conseguem tomar antibióticos sem problemas, enquanto outras podem sentir leves dores de estômago ou sensibilidade na pele.

Se você sentir efeitos colaterais dos antibióticos H. pylori, há algumas coisas que você pode fazer para ajudar a controlá-los. Por exemplo:

– Beba bastante água para se manter hidratado
– Faça refeições menores e mais frequentes para ajudar a aliviar as náuseas
– Evite alimentos picantes ou com alto teor de gordura, que podem piorar a dor de estômago
– Tome probióticos ou coma iogurte para ajudar a repor as bactérias boas no seu intestino
– Use roupas protetoras e protetor solar se estiver tomando tetraciclina

Se você estiver enfrentando efeitos colaterais graves ou persistentes, ou se estiver preocupado com algum sintoma que esteja enfrentando, fale com seu médico. Seu médico poderá ajustar sua dosagem ou mudar para um antibiótico diferente para ajudar a controlar os efeitos colaterais.

Os efeitos colaterais dos antibióticos H. pylori são uma preocupação potencial para qualquer pessoa em tratamento para uma infecção por H. pylori. No entanto, com monitorização e gestão, estes efeitos secundários podem muitas vezes ser minimizados.

Se você está considerando o tratamento com antibióticos para H. pylori ou já está em tratamento, converse com seu médico sobre suas preocupações e fique atento a quaisquer efeitos colaterais que possa estar sentindo.

Com os cuidados e a atenção certos, você pode tratar com sucesso uma infecção por H. pylori e voltar a se sentir melhor.

Leave a Comment